GeralImóveis UsadosInvestimento

Retrofit: o que é e quando é hora de investir? Saiba mais sobre essa tendência e avalie

0

Retrofit é uma tendência de arquitetura que gera uma valorização média de 30% nos imóveis usados e custa menos do que uma reforma.

Mas o que exatamente esse termo significa? Você sabe? Segue a leitura que a gente te explica!

O que é o Retrofit

Palavra muito utilizada entre engenheiros e arquitetos, retrofit tem significado centrado na arte da preservação. Muito mais do que restaurar, reformar ou reparar, essa técnica se atém a reconstruções com determinações específicas.

É um processo de melhoria de instalações, especialmente as mais antigas, com o objetivo de deixá-las mais seguras e confortáveis para os usuários sem tirar suas características originais.

Trata-se de realizar um novo projeto, utilizando os mesmos conceitos, mas com materiais, tecnologias e soluções inovadoras. Agora que você já sabe o que é prossegue na leitura para descobrir o que mais há por trás desse conceito. 

Retrofit, restauração e reforma: entenda as diferenças

Não confunda os conceitos. Apesar de semelhantes, são diferentes em seus propósitos. A reforma objetiva melhorias para o imóvel, mas não necessariamente a preservação da ideia original do imóvel. Já a restauração busca manter todos os aspectos das características originais, incluindo a infraestrutura, além de, por esse motivo, ter um alto custo.

O retrofit seria, então, o caminho do meio, uma vez que preserva a ideia original e investe em melhorias modernas naqueles aspectos defasados. Mas quando vale a pena investir nessa ideia? Vale a pena? A gente te ajuda a decidir. Segue a leitura!

Vantagens do Retrofit 

Além de valorizar o imóvel, devido à modernização da estrutura, bem como de acabamentos e instalações, o investimento ainda conta com redução de custos, devido ao reaproveitamento e à sustentabilidade; mais rapidez, já que nesse modelo a atividade é, normalmente, feita em módulos e a revitalização, uma vez que a modernização da infraestrutura reaproveita espaços e ambientes. 

Imagine o quanto seu imóvel será valorizado se, ao optar pelo retrofit, você investir em sustentabilidade. Saiba que essa é uma das ideias centrais dessa tendência arquitetônica. Os processos que envolvem esse tipo de projeto visam reaproveitar estruturas, a fim de reduzir custos e resíduos, e explorar pontos fortes do imóvel, como a luz e a ventilação natural.

Certamente o seu imóvel antigo ganhará mais valor no mercado imobiliário ao ser considerado mais apropriado para a atualidade.

Além disso tudo, se o tempo de vida útil das instalações chegou ao fim, ou um projeto de reforma ou reconstrução tem um custo muito alto, ou, ainda, é preciso adaptar o imóvel a novas necessidades e realidades (como é o caso da acessibilidade) é provável que o conceito de retrofit seja mais viável e, por isso, recomendado. 

Pensando em investir? Conte com a gente!

Está pensando em investir na compra de um imóvel usado? Saiba que a UNE possui as melhores oportunidades de negócio. Nossos consultores são especialistas em território e possuem em média 3x mais informações que outros profissionais do mercado imobiliário e, por isso, dominamos a oferta de imóveis nas regiões em que atuamos. 

Além disso, nossa metodologia de trabalho tem como foco padrões internacionais de qualidade, entregando um atendimento diferenciado para os nossos clientes. 

Saiba que você pode contar com a gente na hora de investir em um imóvel. Podemos encontrar as melhores oportunidades de compra para você. Acesse nossa página aqui e entre em contato com a gente!

 

Infográfico – 2 Fatores decisivos para investir bem em imóveis na planta (+dicas)

Artigo anterior

A importância das vendas: perfis comerciais

Próximo artigo

Talvez você também goste

Mais artigos em Geral