Geral

Plantas para apartamento: 12 ideias para decorar o seu lar

0

Você gosta de plantas, mas não tem ideia de como decorar seu apartamento com elas? Saiba que não é impossível e a gente te mostra como deixar sua casa mais verde. Vamos te indicar quais plantas podem ser cultivadas em apartamentos e te dar dicas de como inseri-las na decoração. Vem com a gente!

Por que ter plantas em casa? 

Plantas ajudam a deixar os ambientes mais bonitos, aconchegantes e harmoniosos. Além disso podem levar cor, volume e alegria para os ambientes, isso sem contar que elas têm o poder de melhorar a qualidade do ar e podem até colaborar com uma temperatura mais agradável

Nesse momento em que estamos mais em casa devido à pandemia e ao isolamento social causado pela COVID-19, o contato com a natureza faz muita falta. Que tal levá-la para dentro de casa, então? Sabendo fazer as escolhas certas você pode ter todos os benefícios que as plantas proporcionam e isso tudo dentro do seu próprio lar. Quer saber como escolher? A gente te ajuda!

Escolhendo os espaços

Em qual parte da casa você pretende decorar com a sua planta? Segundo especialistas, os melhores ambientes para colocá-las são os sociais. E aí vale qualquer espaço: o lado do sofá, de um aparador, do rack da TV, na escrivaninha do quarto, no cantinho de leitura… use os cantos. São lugares em que geralmente não há grande circulação de pessoas. Isso ajudará a garantir o bom estado das folhas e a respiração da planta. 

Você precisa prestar atenção também às condições de luz, temperatura e umidade de cada cômodo de seu apartamento. Há plantas que se adaptam a qualquer lugar, até mesmo a banheiros. Você pode utilizar racks, escadas, caixotes, prateleiras e nichos para amparar sua plantinha. Depois de verificar o espaço que você tem disponível é mais fácil escolher que tipo de planta vai caber nele. 

Além disso a planta escolhida tem que combinar com o seu estilo de vida. Se você tem uma agenda muito atarefada, melhor escolher aquelas plantas que demandam poucos cuidados. Agora se a ideia é ter um hobby, um momento para relaxar, não hesite em investir em uma planta que exija maior atenção. Os benefícios serão recompensadores!

Investigue qual o tipo de cuidado a planta escolhida requer, pois são diferentes para cada espécie. Algumas precisam de muito sol, outras de luz indireta, umas crescem conforme o espaço que têm, outras crescem exageradamente. E você não vai querer ter esse tipo de surpresa, não é verdade? 

Então, segue as dicas de 11 plantinhas que nós separamos para você ter no seu apartamento, que o deixarão mais verde e, de quebra, ainda podem deixar sua decoração com aquele toque especial. Não esqueça de caprichar na escolha do vaso! Escolha cores e formatos que combinem com a sua decoração, planta e rotina!

Plantas em apartamento: dicas de algumas das melhores espécies

1) Espada de São Jorge

Adapta-se a qualquer tipo de ambiente, pois cresce conforme a incidência de luz que recebe. Seu visual remete a espaços modernos e combina muito bem com decorações de cunho minimalista. São ótimas para aquelas pessoas que esquecem que tem planta em casa, pois são muito resistentes.

2) Jiboia

Esse tipo de planta para apartamento, que cresce para baixo, necessita ficar em lugares com sombra e temperaturas mais amenas. Ou seja, pode ficar naquele lugar estratégico do seu apartamento. As regas precisam acontecer com regularidade, porém é de fácil manutenção.

3) Palmeira Leque Imponente

Essa planta tem grande capacidade ornamental e dificilmente ultrapassa os três metros de altura. Não deve ficar exposta a sol pleno, mas precisa estar em ambiente bem iluminado com luz indireta ou meia sombra e não é tolerante ao vento. Exige pouca manutenção e irrigação regular.

4) Cactus

Planta bastante democrática, pois se adapta bem ao ambiente no qual é colocada, além do estilo todo peculiar. Não necessita de rega constante, nem de muito sol. Porém, longe dele, costuma ficar mais fraca e, por isso, vai afinando. Pode viver anos à sombra.

5) Samambaia

São mais antigas e dão um volume muito bonito quando bem cuidadas. Estão em alta devido aos jardins verticais (já, já falaremos sobre eles!). Podem ser cultivadas penduradas ou colocadas em nichos. Mas precisam de claridade, devem ser adubadas frequentemente e regadas, no mínimo, três vezes por semana. Se ficarem sem água, queimam as folhas rapidamente. Existem espécies que se adaptam ao sol, sombra e meia–sombra.

6) Palmeira-ráfia

De origem chinesa, essa planta possui caules finos e longos, lembrando um pouco o bambu. De crescimento lento, a palmeira-ráfia leva uma inspiração tropical e oriental para a decoração do local e fica ótima em salas de estar. Ela deve ser cultivada à meia-sombra e regada semanalmente.

7) Antúrio

Essa planta não requer sol direto para se desenvolver e possui flores muito duráveis. Suas folhas têm formato de coração e suas flores podem ser de diversas cores, como vermelho, branco, verde, roxo ou rosa. Se desenvolve bem em local bem iluminado, somente com luz indireta. No dia a dia,deve-se manter o solo úmido e, em dias muito secos, é preciso borrifar água nas folhas, tomando cuidado para não deixar o solo encharcado, pois as raízes podem apodrecer.

8) Árvore da felicidade

Carregada de mística, essa planta é ideal para qualquer ambiente. É muito bonita e vem cheia de tradições. Não exige muita rega e tem um cheiro um pouco peculiar, algumas pessoas são sensíveis a ele.

9) Ivy

Essa planta é ideal para pessoas que gostam de vegetação com visual mais suave. O seu crescimento está vinculado ao espaço que tem disponível, então pode ser colocada na parede ou em vasos suspensos. Pede luminosidade e temperaturas médias, com ou sem incidência de luz direta.

10) Aglaonema

Muito comum em países tropicais, é uma das melhores plantas para se cultivar em ambientes sem muita luz. Não exige tanto cuidado com adubos e se mantém viçosa por bastante tempo. O ideal é regar uma vez ao dia.

11) Neoregelia

Da família das Bromélias, essa planta diferencia-se pelas folhas mais largas. Tem uma beleza única e é um ótimo exemplar de plantas que gostam de sombra e umidade. Vive muito bem se estiver em lugares úmidos e pode crescer em ambientes com luz natural ou artificial. 

Gostou das dicas? Essas são só algumas das opções para embelezar a sua casa sem perder a originalidade. Quer mais opções? Nós temos! Acompanhe.

Jardins verticais ou suspensos

Dinâmicos, hoje eles contam com uma grande variedade de vegetações e estilos que se encaixam muito bem a lugares diversos, seja apartamentos pequenos ou mesmo mais espaçosos. Garantem um ar mais puro, isolamento acústico, controle de temperatura, além de uma estética requintada. Podem ser utilizados em varandas de apartamentos, em corredores internos da casa, instalados em paredes ou suspensos por cordas presas ao teto. 

Podem ser feitos com placas de madeira, caixotes, canos de PVC e até materiais reciclados como garrafas pet e embalagens de plástico, isso tudo, claro, além dos jardins suspensos prontos para comprar, disponíveis no mercado. Podem também se utilizar janelas e portas antigas deixando o visual bem original e personalizado. Use a sua imaginação! 

O que plantar em um jardim suspenso?

Uma das principais regras na hora de escolher as plantas para jardim vertical é evitar aquelas que possuem raízes grandes ou agressivas, pois no suporte vertical elas não têm espaço para crescer e geralmente pesam demais.

Também deve ser considerado na escolha das plantas para jardim vertical, o local onde ficará a vegetação, para analisar a incidência de vento e de luz no lugar. O ideal é optar por aquelas plantas que não necessitem de cuidado constante.

Feito isso é só escolher aquelas plantas que melhor se adaptam ao seu projeto. Algumas dicas são:

Plantas para jardim vertical com incidência de muito sol: colar-de-pérolas, flor-canhota, hera-inglesa, jibóia, singônio, barba de serpente, aspargo.

Plantas para jardim vertical semi-sombreados: samambaia, antúrio, véu-de-noiva, liríope, flor-de-maio, rabo-de-gato, babosa-de-pau, lambari-roxo, barba de serpente, jiboia.

Conte sempre com a UNE

Gostou das nossas dicas? Aqui na UNE nós estamos sempre preocupados com o seu bem-estar e motivados em lhe dar opções que façam com que você se sinta confortável no seu lar. Se você quer mais dicas como essa, acesse nosso blog aqui e confira!

 

Vantagens de utilizar assinatura eletrônica em transações imobiliárias

Artigo anterior

6 Dicas de decoração para otimizar espaços pequenos e deixá-los incríveis

Próximo artigo

Talvez você também goste

Mais artigos em Geral