Franquias UNEMercado Imobiliário

Perfil Comercial e Comportamental II

0

Prosseguimos com nosso curso Qualifica Corretor que tem como objetivo equipar você corretor para alavancar os seus resultados. Nessa aula, Jonata Brignol segue o tópico que vem desenvolvendo, que visa traçar os principais perfis de venda, de forma que você possa identificar os seus pontos fortes

Além de retomar tudo o que vem sendo abordado sobre esse tópico, ele relembra que é fundamental estar próximo às pessoas para alcançar os objetivos que se estabelece. Assim sendo, definir o melhor perfil para o seu negócio é também a melhor estratégia para obter sucesso

Através de três estudos de caso, Jonata Brignol explica como o conhecimento sobre os perfis podem auxiliar você a atingir os resultados que você quer. Acompanhe a leitura para saber mais sobre isso.

Os perfis de relacionamento: um desafio a ser superado

Estar próximo às pessoas é característica principal do perfil do Construtor de Relacionamentos, saber mais sobre esses perfis (você pode fazer isso clicando aqui) ajuda o corretor a ter um processo negociador muito mais consciente, diz Jonata.

Além disso, trabalhar seus pontos fortes a partir do seu perfil e usar, mesmo os fracos, a seu favor o ajudará a estabelecer as estratégias necessárias para alcançar seus objetivos. Como se faz isso? Jonata explica na sequência da aula.

O que precisamos fazer para ter os resultados que queremos? 

Nosso parceiro de negócios relembra que nosso trabalho deve ser pautado por estratégia e consciência, portanto responder a essa questão é primordial, trata-se de se estar consciente sobre as estratégias que precisamos aplicar.

Saber mais sobre o produto que vendemos torna você corretor mais autoconfiante. Segundo Brignol esse conhecimento é fundamental para convencer o seu cliente a comprar o que você tem para vender. No ramo imobiliário essa estratégia costuma ampliar o leque de possibilidades para atingir seus objetivos. Segue lendo para saber como!

A importância do uso das ferramentas

Jonata aborda uma questão, que nós também insistimos em salientar aqui na UNE, que diz respeito ao uso de ferramentas digitais nesse processo de se relacionar com o cliente. Ele diz que toda mensagem deve estar fundamentada em quatro bases: prática, emoção, mental, espiritual. Ou seja, nossa abordagem deve passar por essa sequência para atingirmos as pessoas de forma eficiente.

Também cita um dado científico do ramo do desenvolvimento pessoal, obtido a partir de um estudo realizado pela Universidade da Califórnia, que diz que o impacto de uma mensagem é 55% não-verbal, sendo expressão facial, gestos e postura os responsáveis por esses números. 

Outros 38% de impacto é tom de voz e inflexão, ou seja modular a voz para enfatizar o que se quer enfatizar. Assim sendo, quando você digita algo para alguém você tem apenas 7% de impacto. Portanto invista mais na imagem e na voz, desenvolva suas habilidades nas ferramentas de áudio e vídeo

Ao contatar um cliente, por exemplo, Brignol alerta que dependendo da intenção desse contato, a ferramenta utilizada fará toda a diferença (se for de vídeo, por exemplo). É possível com o auxílio dessas ferramentas tirar as dúvidas dos clientes de forma muito mais dinâmica, objetiva e personalizada, o que faz com que o cliente se perceba valorizado  por se sentir importante e reconhecido. E essas são necessidades humanas, como também o é a que vem a seguir. Vamos lá?

Divirta-se enquanto trabalha

Brignol enfatiza a importância de se trabalhar com o que se gosta e mostrar isso. Tão importante quanto seu cliente se sentir valorizado e você alcançar seus objetivos, é estar satisfeito com o que se faz. E ter estratégias para alcançar seus objetivos podem te ajudar nesse processo. Encontrar um caminho prazeroso no seu trabalho não é impossível se você souber como chegar lá.

Querer um resultado não é o suficiente para obtê-lo. É preciso estar preparado para recebê-lo. Ser atrativo e estratégico. Trazendo essa realidade para o nosso ramo, Jonata diz que, para vender um imóvel, seis habilidades devem ser consideradas. São elas:

Comunicabilidade

Confiança

Competência

Credibilidade

Conhecimento

Critério

Juntas elas são capazes de definir a sua técnica. Jonata aconselha que o corretor escolha pelo menos quatro delas para que tenha uma estratégia de alto rendimento, sabendo que nenhuma será infalível. Nenhuma irá funcionar com 100% das pessoas e isso não é um problema se funcionar com a maioria delas, lhe garantindo os melhores resultados.

É por isso que investimos tanto no que acreditamos: em você!

A UNE, alinhada a esse discurso, investe em você para que conquiste seus alvos. Aqui nós valorizamos o profissional corretor e estamos entregando conteúdos relevantes para que você possa continuar se desenvolvendo e melhore seus resultados

Se você está insatisfeito com o que obteve até aqui e quer impulsionar as suas vendas e, finalmente, progredir na sua carreira, entre em contato com a gente e prepare-se para receber aquilo que você espera. Clique aqui e seja um micro franqueado Consultor Imobiliário!

Geração Millennial: conhecendo esse novo perfil de consumidor para atraí-los

Artigo anterior

E quando o seu lar é também seu Home Office? Como preparar o seu ambiente de trabalho em casa

Próximo artigo

Talvez você também goste

Mais artigos em Franquias UNE