Seguros

O que é apólice de seguro?

0

Você que contratou ou pensa em contratar um seguro – seja de imóvel, carro, de vida, etc – em algum momento vai se deparar com a apólice de seguro.

A apólice é parte da documentação envolvida no processo de contratação do seguro, emitida pela seguradora responsável.

É importante que você saiba todas suas diretrizes, afinal, não é recomendado que assine nenhum documento em que você não tem certeza do que consta, não é mesmo?

Por isso, separamos as informações mais importantes sobre apólice de seguro para que você sinta segurança na hora da contratação. Prossiga a leitura e confira!

Quais informações constam na apólice?
Usualmente constam seus dados pessoais, destacando quem é o segurado e quem é a seguradora.

Ela é composta por três cláusulas/condições: Condições gerais, condições especiais e condições particulares. A seguir, explicamos cada uma delas.

Condições gerais: Nela estão descritas as obrigações de ambas as partes (segurado e seguradora). Consta também a dimensão da cobertura, formas de pagamento e prazos.

Condições especiais: São prescrições específicas que se ajustam conforme o tipo de seguro e apólice.

Condições particulares: Nessa condição, é detalhada toda e qualquer parte que envolve o contrato, como:

Beneficiários;
Prazo de vigência;
Porcentagens que cada um deve receber;
Coberturas e indenizações.

Tipos de apólice
Existem alguns tipos de apólice. Abaixo especificamos cada uma delas:

  1. Apólice compreensiva ou multirisco: É uma apólice que contempla muitos e diversos tipos de risco em um só documento.
  2. Apólice de riscos nomeados: Neste documento são especificados os riscos e as contemplações, não deferindo o todo.
  3. Apólice de recibo: Essa é uma forma de contratação temporária do seguro – muito usado para viagens, por exemplo – e pode ser usado como recibo do prêmio, por isso o nome.
  4. Apólice contra danos a terceiros: Essa apólice te assegura em casos de delitos contra terceiros- sejam eles morais ou físicos- ela cobre pagamentos e indenizações, por exemplo.
  5. Apólice aberta e fechada: Apólice aberta permite alterações no contrato, diferente da fechada em que não há como fazer mudanças.
  6. Apólice de seguro resgatável: Essa apólice é diferente das anteriores pois ela é a única que permite um resgate parcial do prêmio total após um período de carência (aproximadamente 2 anos) caso você tenha um imprevisto ou desista do plano.

Quais são as partes envolvidas na contratação?

Na tentativa de simplificar o entendimento sobre o contrato, geralmente não se especifica quais as partes envolvidas e então surge a ideia de que são apenas duas, o segurado e a seguradora, quando na verdade envolve mais partes. Veremos a seguir:

Segurado: É a pessoa que cujos interesses ( estipulados no contrato) estão garantidos durante a vigência do mesmo.

Beneficiário: A pessoa que foi designada para receber os valores dos capitais.

Seguradora: Empresa responsável pelo serviço, quem oferta e assume os riscos.

Estipulante: Pessoa – física ou jurídica – que contrata o serviço, ou seja, quem assume responsabilidade pelo contrato e o que está estipulado nele ( renovações, pagamento do prêmio, etc).

Informação e segurança

É muito importante saber todas informações nos seus mínimos detalhes quanto à contratação de qualquer serviço (principalmente um seguro) e isso também evita que você seja enganado.

Agora que você já tem as informações necessárias sobre o que é uma apólice e para que ela serve, fica mais fácil compreendê-la e então sentir mais segurança no momento da contratação do seu seguro.

5 [+2] vantagens de fazer um consórcio 

Artigo anterior

O que avaliar para contratar seguro automóvel

Próximo artigo

Talvez você também goste

Mais artigos em Seguros