Casa e DecorDecoração

Dicas para acertar na iluminação da sua casa

0

A iluminação artificial é um elemento crucial para qualquer esquema de design de interiores. Quando bem executada – por meio de dimmers, iluminação LED ou DIY –  ela pode animar um espaço monótono, fornecer um toque de elegância, relaxar e aprimorar o ambiente de uma casa inteira.

Luzes mais brilhantes podem fazer garantir um sentimento alerta e desperto, enquanto luzes mais fracas e suaves podem ser relaxantes e induzir ao sono

Nesse artigo nós queremos te ajudar com dicas valiosas sobre como aproveitar melhor esse elemento tão importante em qualquer residência. Siga a leitura com a gente e descubra o poder das luzes!

Tenha um plano

Se você está começando do zero ou redecorando um cômodo, crie um mini plano de iluminação que atenda ao essencial. 

Pense nas atividades que ocorrem em cada cômodo (comer, relaxar, trabalhar), as principais características que você deseja destacar e quais limites no espaço você pode precisar levar em consideração. 

Considere o estilo e até a temperatura da cor das luzes antes de tomar decisões precipitadas sobre o projeto. O planejamento antecipado traz menos dores de cabeça e decisões apressadas de última hora.

Camadas de iluminação

Faça a iluminação em camadas, com diferentes fontes de luz, em diferentes níveis, para criar um ambiente mais aconchegante. 

Use a iluminação para aproveitar ao máximo o tamanho e a forma do cômodo – a iluminação solar faz um cômodo parecer maior, os pêndulos baixos criam ilusão de altura e os grupos de iluminação tornam os cômodos grandes mais aconchegantes. Fazendo assim, você terá opções para cada momento específico de uso do cômodo.

Certifique-se de que a iluminação seja útil

Considere quais tarefas você estará realizando em cada peça da casa e pense na maneira como a iluminação pode afetar ou ajudar você. 

Cozinhar requer iluminação mais concentrada, portanto, uma combinação de luzes baixas e brilhantes e iluminação embutida, em armários e acima de fogões, é útil. 

Para leitura, a iluminação flexível e direcional voltada para você é melhor. Banheiros requerem uma combinação de luzes laterais e downlights. Os dimmers se tornarão seu novo melhor amigo, proporcionando uma maneira eficiente em termos de energia para mudar a atmosfera e a temperatura de um cômodo.

Escolha a lâmpada com cuidado

As lâmpadas que você escolher devem ser mais do que uma escolha de emergência quando você percebe que estão queimadas! Você deve considerar o seguinte:

  • Quão iluminado você precisa que seja o seu espaço (watts):
  • Qual atmosfera você está tentando alcançar (temperatura de cor, por exemplo, temperatura mais baixa é mais semelhante à luz de velas, enquanto temperaturas mais altas são mais parecidas com um céu azul lá fora);
  • A eficiência energética deve ser considerada (para lâmpadas usadas com mais frequência);
  • Você está projetando um design apenas iluminar? Faça suas escolhas considerando a decoração e estilo da casa. Observe forma, tamanho, cores.

Use luzes para destacar seus espaços e móveis favoritos

Use a iluminação para focar sutilmente (ou não tão sutilmente) em uma parede, elemento arquitetônico ou móvel de sua preferência (como um sofá, uma cômoda, um espelho).

Luzes colocadas na parede simetricamente dispostas em ambos os lados de um espelho, por exemplo, irão adicionar calor, sofisticação e elegância ao ambiente.

Luzes funcionam bem quando apontadas para o centro de uma mesa de jantar. Além de ser aconchegante, costuma atrair as pessoas.

Ilumine o caminho à noite

Acender as luzes durante a madrugada pode causar um desconforto momentâneo nos olhos, não é mesmo? Invista em iluminação direcional no nível do piso em corredores, escadas e no banheiro para criar um calor sutil e que também sirva como guia.

Menos é mais

Mantenha o tema, os esquemas de cores e os acabamentos dos materiais consistentes em toda a casa, especialmente quando se trata de iluminação. Muitos estilos diferentes espalhados pela casa podem causar confusão aos olhos e causar desconforto. 

Tons neutros e mais claros abrirão um espaço e o farão parecer maior, tons fortes de cores (por exemplo, através de abajures) irão adicionar aconchego, enquanto tons mais escuros adicionam um toque de requinte e conforto. Mantenha o tema simples, coerente e consistente.

Esperamos que com essas dicas você consiga criar o ambiente iluminado e aconchegante que você merece.

Na Rede UNE buscamos trazer para você conteúdos de qualidade e que simplifique o seu dia a dia. Clique aqui e acesse a galeria que preparamos no Pinterest sobre iluminação para inspirar você com ideias para sua casa.

Como preparar e adaptar as crianças à mudança de casa Parte III – O grande dia chegou: é hora de partir!963

Artigo anterior

5 passos para acertar na organização da casa e receber o novo ano!

Próximo artigo

Talvez você também goste

Mais artigos em Casa e Decor