Casa e DecorMudança

Como preparar e adaptar as crianças à mudança de casa Parte III – O grande dia chegou: é hora de partir!963

0

A série de postagens Como preparar e adaptar as crianças à mudança de casa, dividida em três partes, Parte I – Planejando a mudança; Parte II – A mudança vai mesmo acontecer! E agora? e essa última Parte III – O grande dia chegou: é hora de partir!, abordou o tema da mudança e do quanto esse momento pode afetar as crianças. 

Se nas duas partes anteriores nós demos dicas de como envolver as crianças nesse processo e de que forma você pode lidar com as fortes emoções do momento, nessa última parte da série z mudança já é algo concreto e as emoções já estão todas afloradas.

Se você acompanhou os textos anteriores, terá visto que não é impossível amenizar a ansiedade do momento e nessa última parte não será diferente. Com calma, paciência e planejamento a mudança poderá, até mesmo, ser divertida.

Acompanhe a terceira e última parte da série que a Rede UNE preparou pra você e garanta uma transição leve para você e sua família!

Planeje um dia divertido de mudança

O dia da mudança pode ser bastante agitado e, nesse caso, você tem duas opções: pode ter outra pessoa para cuidar das crianças para que não atrapalhem ou pode envolvê-las estrategicamente, caso sejam maiores.

Planejando o dia da mudança sem filhos

Especialmente se seus filhos forem pequenos, pode ser melhor para todos os envolvidos se eles estiverem em outro lugar durante a mudança. Arrume uma mala com tudo o que for necessário durante a mudança, além de alguns brinquedos e itens de conforto. 

Em seguida, envie-os para um dia ou fim de semana divertido com um amigo ou parente de confiança para que você possa se concentrar na mudança.

Se houver tempo para isso, depois desse período, certifique-se de dar tempo às crianças para voltarem à velha casa para um adeus oficial depois que a mudança tiver saído. O ritual de despedida é muito importante para entender o fim de uma etapa e assimilar o começo de outra.

Planejando o dia da mudança com as crianças

Se você acha que será benéfico ter as crianças com você durante a mudança, ou se você não puder organizar alguém que fique com elas, aqui estão algumas maneiras de envolvê-las e fazer com que o dia corra bem.

  • Apresente a equipe de mudança: reserve um tempo para apresentar seus filhos aos carregadores da transportadora, ou freteiros, responsáveis pela mudança. Isso irá os familiarizar com o processo e garantirá que não são estranhos os que estão levando seus pertences.
  • Defina tarefas: defina uma tarefa para todos. Uma criança pode ficar encarregada de observar o cão durante a mudança, outra, no caso das maiores, por ser responsável por mapear a rota para a nova casa (com paradas divertidas ao longo do caminho).

Ajude seu filho a lidar com a mudança

Assim que chegar à nova casa, você terá muitas coisas para fazer. Mas certifique-se de reservar um tempo para ajudar as crianças a encontrar seus pertences, mantendo o processo o mais positivo possível.

Diga adeus ao bairro antigo

Se você estiver se mudando para longe, organize uma festa de despedida para seus filhos, amigos e vizinhos. Ajude seus filhos a fazer um plano para que todos se mantenham em contato.

Sugira que seus filhos façam uma lista de tudo o que desejam fazer antes da mudança. Tire fotos, crie álbuns de recortes, peça aos amigos que escrevam cartas ou visite seus lugares favoritos pela última vez.

Explore o novo bairro

Embora seu primeiro instinto na nova casa seja passar a maior parte do tempo desfazendo as malas, tenha como prioridade levar seus filhos para fazer algumas atividades divertidas em sua nova vizinhança. Se seus filhos ficarem entusiasmados com novos lugares para explorar, eles podem ficar menos estressados ​​ou tristes por deixar o antigo bairro para trás.

Experimente uma nova atividade no novo local todas as semanas – passeie por um centro cultural local, visite um parque diferente, experimente um novo restaurante ou vá ao cinema.

Lembre-se de que se acostumar com um novo bairro não acontece da noite para o dia, então dê tempo às crianças para se ajustarem. Por exemplo, tente fazer uma tour pela nova escola antes do primeiro dia para que eles se sintam mais confortáveis ​​e saibam para onde estão indo.

Desempacote os quartos primeiro

As crianças são serezinhos de hábitos e quanto mais cedo se sentirem confortáveis ​​em um espaço, mais cedo voltarão às suas rotinas regulares. Embora você possa ficar tentado a desempacotar a cozinha primeiro, comece com os quartos das crianças. 

Arrume os móveis, arrume a cama e certifique-se de que seus brinquedos, roupas e pertences favoritos estejam acessíveis. Afinal, você quer que eles durmam bem na primeira noite em sua nova casa! Além disso, esse é um momento que eles irão adorar ajudar!

Rede UNE

Nós sabemos o quanto momentos como a mudança podem ser desgastantes. Mas também sabemos que eles podem ser leves e divertidos. Foi exatamente nisso que pensamos quando elaboramos esse material. Esperamos que você tenha gostado!

Preocupados com seu bem estar, nós oferecemos a você um conteúdo de qualidade e acessível para deixar a sua vida mais descomplicada, de forma que você possa se concentrar em outras coisas importantes.

Acesse nossos artigos aqui na nossa página e fique por dentro de outros materiais que preparamos para que você tenha tranquilidade em fazer suas melhores escolhas.

Como preparar e adaptar as crianças à mudança de casa Parte II – A mudança vai mesmo acontecer! E agora?

Artigo anterior

Dicas para acertar na iluminação da sua casa

Próximo artigo

Talvez você também goste

Mais artigos em Casa e Decor