Dicas de VendaMercado Imobiliário

Como fazer vídeos incríveis para venda de imóveis

0

A necessidade de se adaptar à pandemia acelerou o uso das tecnologias no processo de vendas. Essa realidade colocou diante do mercado a evidente, e urgente, importância do vídeo como uma das principais ferramentas nesse contexto

Você sabe como manipular essa ferramenta? Acompanhe o texto que nós preparamos para você, em que vamos mostrar, de forma assertiva, como se utilizar de vídeos no processo de vendas de imóveis.

1 – Qualidade é imprescindível

Você não precisa ter nenhuma formação em cinema para fazer bons vídeos. Com o equipamento certo e as dicas que nós separamos, você poderá criar vídeos excelentes e que podem ajudar a impulsionar as suas vendas. 

Você pode utilizar um celular, uma câmera fotográfica ou mesmo uma filmadora, desde que o aparelho escolhido lhe entregue a qualidade esperada no final. Invista em leds para compor a iluminação. Isso assegura o profissionalismo que, por sua vez, garante a competitividade.

Outro fator que denota o quão profissional um vídeo pode ser é o tempo, há pesquisas que apontam que vídeos com mais de dois minutos de duração não costumam atrair e segurar a audiência até o fim. Seu vídeo não precisa ser longo. Precisa ser atrativo, criativo e de boa qualidade. Reserve um tempo para fazê-lo. 

Não se furte dos benefícios que profissionais de edição de áudio e vídeo podem lhe oferecer. Nem se prive de acessar ferramentas e vídeos online sobre o uso de aplicativos de edição. Garanta que você está entregando o melhor e saia na frente!

2 – Qualidade de imagem

Antes de tudo você precisa saber que estamos falando aqui de visitas online, ou seja o cliente não vai sair de casa para conhecer o imóvel. Sendo assim, a qualidade de som e imagem deve estar impecável para que esse cliente se sinta valorizado, envolvido e então preste atenção ao seu produto. 

Certifique-se de que ele terá uma dimensão real do imóvel, com base nos seus registros. Preste atenção à iluminação do lugar, pois o cliente irá querer ver como é o ambiente com luz natural e também com artificial. 

Saiba também que a gravação de vídeos na posição vertical é uma tendência, uma vez que a maioria das pessoas acessa os conteúdos que consome pelo smartphone. Por outro lado atente-se ao tempo de vídeo e conteúdo.

Vídeos de imóveis, e os com mais de 15 segundos, o aconselhável é gravá-lo na horizontal, que é o formato padrão de diversas plataformas de vídeo. Estar atento a isso mostra que você se preocupa com a experiência de interação que sua clientela terá, além de, claro, salientar o quão contextualizado com a realidade é o seu trabalho.

Além disso é importante compor um cenário que seja atrativo, ou seja que faça seu cliente ficar até o fim e se interessar pelo imóvel. Tudo deve estar impecavelmente limpo e harmônico, parecer natural e ser apresentando minuciosamente. Que impressão você quer que o cliente tenha do imóvel? Roteirize suas intenções e crie!

3 – Qualidade de som

A depender do horário da gravação, ruídos externos podem atrapalhar consideravelmente. Os microfones embutidos dos equipamentos costumam ser muito sensíveis. Qualquer captação errônea fará seu vídeo parecer algo muito amador. 

Com ajuda de editores de vídeo, disponíveis gratuitamente e facilmente encontrados em mecanismos de busca, você pode optar por inserir som ao arquivo. Dessa forma, você pode escolher uma trilha para o seu vídeo e ter a certeza de não errar na escolha. Outra opção é fazer uma narração com textos que irão aparecer em cima das imagens do vídeo.

Isso sem contar a possibilidade de descrever e apresentar o próprio imóvel em uma chamada de vídeo com o cliente. Se optar por essa alternativa, certifique-se em ter Internet de boa qualidade e, principalmente, conhecimento das características do imóvel que você está querendo vender. 

4 – Diversifique seu conteúdo

Além de vídeos de imóveis, você pode criar outros vídeos que podem interessar seu público. Afinal de contas o imóvel estar inserido em um contexto que será levado em consideração. Algumas opções são:

  • Entrevista com clientes satisfeitos;
  • Apresentação do bairro e entorno;
  • Tutorial de como funciona um financiamento imobiliário

Depois de tudo pronto é só publicar. Seja nas redes sociais ou na sua página profissional, o importante é saber que o uso da tecnologia pode ser seu importante aliado para impulsionamento das suas vendas.

O uso de tecnologia de realidade virtual, apresentação de imóveis em 3D ou Tour em 360º  é uma realidade já há algum tempo. A pandemia acelerou e intensificou ainda mais essa realidade. É notório que quem oferece essas tecnologia aos clientes desponta na frente.

A UNE se preocupa com a capacitação e suporte aos franqueados e corretores. Por isso investimos para que a nossa rede esteja sempre em posição de competitividade no mercado imobiliário.

Você, consultor imobiliário, já faz parte do nosso time de franqueados? Se ainda não, converse com a gente e saiba mais sobre como funciona. Acesse aqui e seja nosso franqueado! 

Portabilidade de financiamento: por que e quando fazer?

Artigo anterior

Corretor de imóveis: saiba como melhorar o atendimento pelo Whatsapp e otimizar seus resultados

Próximo artigo

Talvez você também goste

Mais artigos em Dicas de Venda