Casa e DecorDecoraçãoReforma

Como escolher o piso certo para o seu imóvel

0

Escolher o piso certo para um cômodo específico da sua casa pode parecer uma decisão difícil. É um processo que combina seu gosto pessoal com uma reflexão cuidadosa sobre a praticidade, afinal é uma superfície sobre a qual você e sua família passarão boa parte do tempo.

Qual é o tamanho da família que usará a sala regularmente e quanto tráfego o chão receberá? As crianças definitivamente fazem a diferença. Existem animais de estimação? O chão ficará exposto à umidade regularmente? Com que frequência é provável que o chão precise de limpeza? Quanto tempo você espera que seu novo piso dure? 

Fazer a si mesmo algumas perguntas importantes como essas, no início do processo, ajudará a reduzir sua preocupação, facilitará sua escolha e aumentará sua satisfação a longo prazo com o novo piso.

Nós preparamos algumas dicas nesse artigo para ajudar você nessa escolha. Acompanhe a leitura e confira!

Conhecimento é tudo!

Conheça o seu estilo. Quais cores e padrões você gosta? Pense em quais texturas de piso atraem você: o grão rico da madeira, o carpete luxuoso e espesso ou as linhas elegantes dos ladrilhos. E leve em consideração sua decoração atual também. A menos que você planeje redecorar a sala inteira, você deve escolher pisos que complementem os móveis e acessórios que você tem agora.

Considere seu estilo de vida. Pense em como você usa a sala. Você é um cozinheiro ávido que passa horas em frente ao fogão? Seus filhos deixam poças d’água no chão do banheiro? Você tem animais de estimação? Pense racionalmente, seu piso precisará ser capaz de suportar o desgaste de acordo com a sua família e todas as suas atividades.

Faça cálculos. Calcule seu orçamento. Lembre-se de que, juntamente com o custo do material do piso, pode ser necessário incorporar o custo do revestimento e rejuntes, entrega e instalação, bem como remoção e descarte do piso anterior. Não se esqueça de levar em consideração custos com quaisquer materiais adicionais, como rodapés, removedor de manchas ou de cola. Isso sem contar as despesas com pessoal, caso seja necessária a contratação de profissionais. Calcule tudo!

Um tipo de piso para cada cômodo da casa

Em uma casa cada ambiente tem sua função e uma identidade própria. Por isso é preciso pensar que tipo de piso se adequa melhor,ao que se espera e se quer de cada cômodo.

Confira abaixo as dicas que preparamos e entenda melhor como funciona a escolha pelo tipo de piso de acordo com o ambiente. Veja:

Cozinhas

Para pisos de cozinha, a durabilidade e a facilidade de limpeza são os critérios principais. Boas opções são laminados, cerâmica – ambos muito comuns – e madeira. O laminado costuma ser uma opção mais barata e fornece uma superfície fácil de limpar e vem em inúmeros designs. 

As cerâmicas são ainda melhores. Também de fácil manutenção e disponíveis em uma ampla variedade, oferecem durabilidade superior, resistindo à maioria dos incidentes. No entanto, há algumas coisas a se ter em mente sobre os ladrilhos. 

Uma delas é que, se instaladas sobre um piso danificado estruturalmente, os ladrilhos cerâmicos podem rachar. Portanto, se sua casa for muito antiga, é provavelmente uma boa ideia substituir o contrapiso antes de aplicar o piso cerâmico. 

Um segundo ponto que vale a pena pensar, especialmente se sua família inclui crianças ou qualquer pessoa com necessidades especiais de segurança, é que ladrilhos lisos podem ser muito escorregadios quando molhados, então você deve considerar aqueles com uma superfície texturizada.

Depois, há madeira. Enquanto alguns acham que é uma escolha incomum agora que existem tantas opções de pisos diferentes, a madeira é uma excelente escolha para a cozinha.

Todo mundo passa muito tempo na cozinha e os pisos de madeira podem dar aquele toque rústico à cozinha. Ao mesmo tempo, a madeira também é boa para lidar com o alto volume de tráfego. 

Um lembrete importante: ao instalar o piso de madeira em uma cozinha, certifique-se de aplicar um bom acabamento de proteção, como um poliuretano, para proteger contra os muitos tipos de umidade que inevitavelmente atingem o piso da cozinha.

Banheiros

Ainda mais do que cozinhas, banheiros obviamente recebem muita umidade. Ladrilho de cerâmica, azulejo, mármore e granito são opções de piso populares e funcionais, que vêm com uma variedade de preços diferentes e exigem vários níveis de especialização para instalar. 

Trabalhar com ladrilhos de cerâmica ou mesmo de vinil é relativamente fácil, e muitas pessoas são capazes de fazer isso sozinhas. Ladrilhos de cerâmica têm uma ótima aparência e oferecem durabilidade excelente, mas não são baratos. E se você optar por um material ainda mais desafiador e sofisticado, como o mármore ou porcelanato, o ideal é contratar profissionais.

Quartos e áreas de estar

O revestimento do restante do espaço do seu imóvel realmente se resume a uma questão de escolha pessoal. Algumas pessoas gostam de azulejos em suas áreas de estar, algumas de madeira, outras de carpete, talvez todos os três. Vamos ver algumas dicas para ajudar a fazer a melhor escolha?

O azulejo oferece uma variedade quase ilimitada de padrões e estilos, do simples ao exótico, o que possibilita que os azulejos deem a um ambiente um toque muito criativo ou exótico. Por outro lado, os ladrilhos podem parecer frios e duros sob os pés, por isso podem não ser a melhor escolha se você estiver procurando por algo um pouco mais aconchegante. 

O pavimento em madeira tem uma beleza e elegância naturais, é mais quente e é mais confortável para os pés e para as costas. É resistente a manchas, fácil de limpar e oferece versatilidade de longo prazo, pois pode ser lixado e repintado. 

Você tem uma série de opções quando se trata de madeiras para pisos duros e macios. O carvalho é o mais popular, enquanto o bordo, a bétula e o pinho também são amplamente utilizados. 

Todas essas madeiras vêm em alguns graus de qualidade diferentes, o que permite algum controle sobre o custo e a aparência dos pisos de madeira, desde placas com muitas irregularidades até placas que são quase totalmente uniformes – com preços correspondentes. 

Outra opção que afetará a aparência geral do piso é a largura real das placas. O termo piso de tiras se refere aos cortes mais estreitos de madeira, enquanto o piso de tábuas se refere a placas mais largas. 

Se você tem problemas com umidade, a opção por um laminado de madeira é bem-vinda. Esse material é feito com um núcleo de múltiplas camadas revestido com lâminas de madeira, que resiste à expansão e contração muito melhor do que a madeira maciça. 

E, finalmente, há o carpete. Em termos de calor e intimidade, o carpete provavelmente é o melhor. É especialmente ideal para quartos e qualquer lugar onde você goste de passar muito tempo descalço. O carpete também oferece uma certa proteção acústica, bem como algum isolamento e está disponível em uma ampla variedade de estilos, pilhas e custos. 

Antes de comprar

  • Considere cuidadosamente a localização do seu novo piso. Está abaixo, no nível ou acima? Cozinhas e banheiros estão sujeitos a danos causados ​​pela água e umidade, o que deve ser um fator importante no seu processo de tomada de decisão.
  • Observe se a área em que você está colocando o piso tem (ou terá) calor radiante. Alguns materiais de piso não são compatíveis com o calor, portanto, informe-se a respeito no início do processo de compra.
  • Além disso, certifique-se de observar o espaço ao longo do dia. Ele recebe muito sol direto? A luz ultravioleta pode desbotar ou escurecer certos pisos, portanto, procure produtos resistentes.
  • Faça medições detalhadas e crie um desenho (em escala é preferível, se possível) incluindo portas, lareiras, embutidos ou outra estrutura que altere o fluxo do piso.
  • É sempre bom comprar 10% a mais de piso do que você acha que precisa. Isso permite erros e peças ruins. Além disso, um pouco de piso extra disponível é ótimo para reparos no futuro. 
  • Guarde algumas caixas do seu produto em um local onde a temperatura e a umidade não danifiquem o piso, como embaixo da cama ou em cima de um armário. Isso mantém o produto prontamente aclimatado e disponível, caso seja necessário.
  • E, claro, não hesite em contratar um serviço profissional, caso você não tenha certeza de querer um projeto DIY (faça você mesmo).

Tenha certeza de fazer a escolha certa

Escolher um piso é uma grande decisão, mas não precisa ser nada muito estressante. Planeje com antecedência, pergunte-se sobre questões importantes com antecedência, incluindo quem usará a sala, que atmosfera você espera criar, quanto esforço deseja despender na instalação e manutenção e, claro, quanto está disposto a gastar. 

Pisos impactam sua vida. Você precisa de uma superfície confortável e durável. Como o piso é geralmente a maior superfície em uma sala, ele estabelece a base para toda a aparência do espaço – cor, estilo, textura e padrão. 

E um novo piso pode ser um grande investimento, então você vai querer uma superfície que dure por anos, certo? A sua escolha consiste em equilibrar as suas necessidades com o seu estilo. Siga as dicas que a Rede UNE preparou e você estará no caminho certo para escolher o piso perfeito.

Continue explorando nosso blog para outras dicas e materiais de qualidade que temos disponíveis para facilitar a sua vida. Nós também preparamos imagens incríveis no Pinterest para você se inspirar. Aproveite!

Conheça as cores de 2021 e saiba como aplicá-las na sua decoração

Artigo anterior

10 aplicativos de reforma e decoração

Próximo artigo

Talvez você também goste

Mais artigos em Casa e Decor