Minha Casa Minha Vida

8 ótimos motivos para você comprar o seu Minha Casa Minha Vida

0

Você já está cansado de viver de aluguel ou de favor na casa de outras pessoas? Existem milhões de pessoas iguais a você. Em pesquisa enviada ao Infomoney (2018), a MindMiners apontou que 80% dos brasileiros que vivem nesta condição tem como prioridade adquirir a sua casa própria.

Neste sentido, o programa Minha Casa Minha Vida tem se mostrado uma ótima alternativa, e com certeza você já ouviu falar em ao menos alguns dos seus benefícios. Não é a toa que ele já mudou a vida de tantas pessoas: mais 4 milhões de unidades já foram entregues.

Quer entender melhor os segredos de tanto sucesso? Então acompanhe essa leitura em que reunimos 8 motivos arrasadores para você investir no seu Minha Casa Minha Vida e conquistar de uma vez por todas a sua casa própria.

1 – Renda familiar enxuta

Quem disse que para comprar um imóvel é preciso ter muito dinheiro? Poderia até ser assim antes do MCMV, hoje, o programa é uma verdadeira oportunidade para famílias com rendas mais baixas (normalmente entre 900 a 5 mil reais mensais).

E você ainda pode recorrer a composição de renda familiar, funciona assim: caso a sua renda não seja suficiente, pode entrar – somada a sua – a renda do seu cônjuge, pai, mãe, madrasta, padrasto, filhos, enteados, irmãos e até amigos.

Lembrando que a prestação para pagamento deve comprometer no máximo 30% da renda familiar. Se a sua família ganha R$ 2,5 mil por mês, a sua prestação pode ser de até R$ 750,00, por exemplo.

2 – Entrada facilitada

A entrada, em um financiamento, funciona como uma garantia do seu interesse pela compra do imóvel. É um sinal que você precisa pagar a vista, normalmente 30% do valor total do imóvel, que será subtraído da parte financiada e, então, são calculadas as parcelas.

Já para o programa Minha Casa Minha Vida, essa entrada pode ser reduzida para um percentual mínimo de 10%, o que vai variar de acordo com a renda do cliente. Além de que a maioria das construtoras facilitam o parcelamento deste valor, principalmente em período de obras. Informe-se com o seu corretor UNE.

Assim, fica muito mais fácil guardar o dinheiro necessário para iniciar o financiamento do seu novo lar, não é mesmo?

3 – Taxas de juros atraentes

Como em qualquer financiamento, quando o banco disponibiliza um valor em dinheiro para que você realize uma grande compra como um imóvel, são acrescidos juros para o pagamento.

As taxas aplicadas aos financiamentos do MCMV são hoje as mais atrativas do mercado brasileiro: elas ficam normalmente entre 5 e 5,5% ao ano.

Além disso, é adotado o Sistema de Amortização Constante (SAC), no qual as parcelas são decrescentes. Dessa forma, com o passar dos anos, o financiamento pesa cada vez menos no bolso do comprador, diminuindo o risco de endividamento.

Também pode ser adotada a Tabela PRICE, que exige uma entrada já um pouco menor e as parcelas possuem um valor fixo, sofrendo apenas possíveis reajustes na taxa referencial.

Você pode conversar diretamente com o seu corretor UNE e ele lhe ajudará a compreender qual a melhor opção para você e o seu bolso neste momento.

4 – Prazos de pagamento estendidos

Outra grande vantagem do MCMV são os prazos para pagamento do financiamento, eles permitem que a dívida possa ser quitada sem a necessidade de renegociação, com parcelas mais baixas que cabem no seu bolso.

Por isso, os prazos de pagamento no programa podem chegar a 35 anos, são 420 meses para dividir o valor total da sua dívida!

No entanto, a idade do beneficiado interfere no tempo para o pagamento, como forma de proteger a instituição financiadora. Isso significa que o financiamento é permitido a clientes cuja idade, somada ao prazo de pagamento, não chegue aos 80 anos completos.

5 – Subsídio do governo

Ainda, dependendo da faixa de renda em que você se enquadra, o governo disponibiliza um subsídio – sim, ele banca uma parte do valor do imóvel para você. Existem subsídios de até R$ 47,5 mil para ajudar a pagar pelo seu apartamento novo.

É isso mesmo: além das taxas atraentes e prazo de pagamento estendido, você ainda pode contar com um auxílio do governo.

Como esse valor é variável e depende, é claro, da renda bruta familiar, é necessário realizar uma simulação no site da Caixa Econômica Federal, visitar uma agência da Caixa ou um ponto de atendimento Caixa Aqui para tirar todas as dúvidas e encontrar o valor disponibilizado para a sua faixa de renda.

6 – Utilização do FGTS

Outro recurso que pode te ajudar bastante é a utilização do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS, ele é usado na maioria dos casos já na entrada, podendo ser usado também para amortizar ou liquidar o saldo devedor, ou seja, para quitar totalmente a dívida contraída pelo financiamento ou, ainda, eliminar parte do saldo devedor.

Ele pode ser utilizado para diminuir em até 80% o valor das prestações e em até 12 meses consecutivos – uma ótima opção para quem deseja solicitar um financiamento imobiliário mas não se planejou financeiramente.

Porém, existem alguns critérios para a utilização desse recurso, então procure se informar mais detalhadamente com o seu corretor UNE.

7 – Atendimento facilitado Caixa Aqui

Por ser um programa habitacional do governo federal, o Minha Casa Minha Vida é bastante complexo, e exige uma série de burocracias e regras a serem seguidas, que podem complicar a sua vida sem ajuda especializada.

Por isso, você pode contar com o “Caixa Aqui”, que é um atendimento facilitado dentro das imobiliárias, onde o profissional representante da Caixa faz desde a abertura de contas até o encaminhamento do contrato, você só precisa ir até a agência para assiná-lo.

Em algumas unidades da Rede UNE você encontra este atendimento, que agiliza e simplifica o seu acesso ao programa e todas as suas vantagens, além dos nossos corretores que já estão especialistas no assunto, pois já vendemos centenas de unidades.

8 – Descontos nas despesas cartoriais

No Brasil as taxas pagas em serviços de cartórios não costumam ser nada baratas. E quando você compra um imóvel, principalmente através de financiamento, é preciso ter essa conta na ponta do lápis pois pode gerar um custo extra bem alto.

Mas saiba que, se optar pelo Minha Casa Minha Vida, além de todas as vantagens que já citamos acima, você ainda pode ganhar descontos com as despesas de cartório.

Mais uma maneira de estimular famílias do país afora a adquirirem um imóvel próprio — conforme estipula a Lei nº 11.977/2009, que dispõe sobre o programa.

Conclusão

Agora você já conhece os principais benefícios do programa Minha Casa Minha Vida e como ele pode ajudar você a finalmente ter a sua própria casa. Ficou interessado em saber mais a respeito? Leia mais sobre o Minha Casa Minha Vida aqui.

Lembrando que todas as condições comerciais estão sempre sujeitas a alteração. Portanto, busque a orientação de um profissional que entenda do assunto para lhe informar com precisão: o seu consultor UNE. Com certeza ele vai estar pronto para te ajudar e acabar com todas as suas dúvidas.

 

Mercado Imobiliário para 2019: o que esperar para o setor

Artigo anterior

Descubra qual é o melhor caminho para financiar o seu apartamento

Próximo artigo

Talvez você também goste

Mais artigos em Minha Casa Minha Vida